Que dúvida cruel, não é?! Esta é uma pergunta que muitos empresários se fazem, mas de antemão já vamos logo avisando que você não precisa mais ficar na dúvida, pois é um investimento absoluto. Mas só falar não resolve, então vamos aos comparativos.

Vamos fugir um pouco dos conceitos contábeis da questão, e vamos trazer para a prática propriamente dita.

Por exemplo, se eu alugo uma sala comercial para instalar a minha empresa, e não sou uma indústria, eu vou ter despesas com água, luz, aluguel, telefone, internet, material de escritório, funcionários, etc. Nesta situação hipotética, são despesas necessárias, pois se eu não custear a maioria delas provavelmente eu não consiga manter o estabelecimento funcionando. Mas, todos eles foram pagos e não diminuíram nenhuma outra despesa, ou geraram algum ativo por si só. Mas eu preciso destes recursos para vender os meus produtos e ou prestar os meus serviços. Sem dúvida, mas e se você não vender nada, não prestar nenhum serviço? Terá essas despesas normalmente.

O investimento ele nos traz a ideia de um retorno financeiro imediato ou futuro, neste sentido podemos exemplificar formas do retorno de investimento no software de gestão.

Para que haja o sucesso e o crescimento das empresas existem vários fatores que influenciam de maneira significativa, porém vamos especificar apenas um neste artigo. Desde as pequenas empresas, aquelas onde muitas vezes é constituída somente pelo próprio dono(a) até grandes corporações, todas sem exceção são beneficiados com o investimento em software de gestão ERP.

Segundo Sebrae 2018 "A gestão financeira compreende um conjunto de ações e procedimentos administrativos que visam maximizar os resultados econômicos e financeiros". Partindo do princípio de que um dos principais fatores para resultados assertivos das empresas de qualquer porte é a gestão financeiras, vamos exemplificar de quais formas o software de gestão contribui no processo, na redução de custos existentes e fornecendo informações gerenciais importantíssimas ao gestor.

Com o software de gestão é possível controlar as entradas e saídas, bem como todas as movimentações financeiras da empresa, fazer a análise da efetividade do planejamento bem como fazer ajustes na empresa e reformular a estratégia quantas vezes forem necessárias para obtenção de um resultado positivo.

Além disso é possível eliminar informações desconexas, ou seja, tudo agora fica integrado, vendas e estoque conversando com o financeiro da empresa, e tudo em tempo real. O registro das informações é imprescindível para a tomada de decisões.

O software auxilia eliminando o retrabalho, diminui as chances de erro, evita despesas com aquisição de mais mão de obra, e contribui para aumentar as chances de assertividade na hora da venda.

Para visualizarmos tudo isso colocamos a seguir uma tabela, com informações e valores hipotéticos. Vamos supor que eu estou na dúvida se é ou não vantagem investir em software gestão ERP para minha pequena, média ou grande empresa.

1-) Vamos supor que na minha empresa os meus colaboradores estão sobrecarregados de trabalho e eu estou estudando a possibilidade de contratar um novo funcionário com um salário de R$ 1.500,00 reais, o que com os encargos me custará aproximadamente R$ 2.000,00.

2-) Vamos supor que eu não uso nenhum sistema integrado, então neste caso o vendedor faz o lançamento da venda em algum controle da minha empresa, o caixa faz o lançamento do recebimento, vamos supor que cada lançamento levou 5 minutos, e eu atendo um média de 50 clientes por dia. Só que o lançamento do caixa, tem que ser refeito pelo financeiro que precisa controlar o fluxo de caixa da empresa, que leva cerca de 10 minutos pois precisa separar os valores cada qual no seu lugar, o almoxarife precisa baixar no estoque dos produtos que saíram, então este também precisará lançar as saídas dos produtos, gastando mais 5 minutos, e este precisará comunicar o comprador para efetivar a compra de mais mercadorias se forem necessárias. Por dia foram aproximadamente 1250 minutos ou 20,83 h/homem por dia.

3-) Não sei se já aconteceu com você, mas o cliente chega na sua empresa e cada vez precisa fazer a coleta das informações do cliente novamente, ou então o cliente já teve algum tipo de problema com seus produtos e torna a tê-los, ou ainda se você tivesse o perfil do cliente a disposição do seu vendedor ele já poderia direcionar o cliente de acordo com seus hábitos de consumo, sem falar nas estratégias de marketing que poderiam ser realizadas tendo o perfil de cada cliente seu. Bem, essas situações são difíceis de mensurar valor, mas provavelmente seu concorrente sabe, afinal é pra lá que o seu cliente foi. Para fim de exemplificar vamos supor que você deixou de ganhar um valor irrisório de R$ 200,00 por dia, pois pode ser muito mais.

Item Exemplos Despesa/Custo p/mês Despesa/Custo p/ano
1 Mão de obra de um funcionário + encargos com salário de (R$ 1.500,00) aproximadamente R$ 2.000,00 R$ 26.666,67
2 Horas perdidas com retrabalho R$ 4.923,45 R$ 59.081,45
3 Clientes mal atendidos, ou deixados de atender. R$ 5.200,00 R$ 62.400,00
  Total: R$ 12.123,45 R$ 148.148,12

Bem a conclusão eu deixo por conta de você. E aí software de gestão ERP é despesa ou investimento? Quer investir no sucesso da sua empresa? Entre em contato conosco, Thor ERP , teremos prazer em ajudá-lo(a)!