Qual o melhor sistema? Qual o melhor emissor de nota fiscal para serviços e produtos? Qual o melhor custo benefício entre ter um software gratuito e um pago? São questões que fazemos a fim de ter a melhor solução para nossa empresa. Não é possível responder essas perguntas sem conhecer a metodologia de trabalho da corporação em si, e quais são os processos internos, porém podemos afirmar que quando esses recursos são implementados de forma correta, existe uma certeza de que as tarefas serão executadas de forma mais simples e eficiente, economizando tempo de todos e recursos financeiros.

As notas fiscais eletrônicas (NF-e) vieram para substituir a enorme quantidade de papeis e de documentos arquivos nas empresas que muitas vezes dependiam de enormes estoques, sem contar a possibilidade de desastres naturais. E em 2006, entrou em vigor um novo modelo totalmente digital, dispensando o armazenamento físico e facilitando a vida de todos.

A notas NF-e são geradas quando compramos uma mercadoria ou produto físico em um E-commerce pela internet ou em uma loja da sua cidade por exemplo, e como existe um padrão único para todo o território nacional, facilita muito a integração de sistemas para emitir esse tipo de documento, fazendo assim com que a maioria dos sistemas ERP só trabalhe com esse tipo de nota.

Já a NFS-e ou nota municipal, é utilizada por corporações que prestam serviços, como por exemplo empresas de contabilidade, informática e escolas. Enfim, todos que trabalham com algum tipo de serviço. Esse documento fiscal é emitido pela prefeitura e ao contrário da NF-e, existe um padrão diferente para cada município, pois a prefeitura tem autonomia para escolher o fornecedor de software que oferecer as melhores condições e custo benefício. Geralmente esses fornecedores de software são contratados via licitação.

O uso e obrigatoriedade do documento fiscal pode ser conferido nesse link, diretamente no site da Receita. Basicamente em cada entrada e/ou saída de produto ou mercadoria, no caso de venda, devolução, transporte, serviço, etc.

Agora que já conhecemos o básico, como escolher um sistema para emitir e gerir desses documentos? Para essa questão existem inúmeras ferramentas no mercado que fazem essa tarefa. Algumas oferecem apenas esse recurso, onde para cada nota se faz necessário todo o preenchimento dos campos do cliente, produto e detalhes da venda, geralmente esses sistemas são indicados caso sua empresa não tenha um número significativo de vendas e você esteja enquadrado como Microempreendedor individual (MEI). No entanto se seu tempo ou de seus colaboradores tenham maior valor e você queira economizar recursos, com certeza vale o investimento em uma plataforma, com todos os módulos integrados, onde com um único click a nota é gerada com todas as informações da venda.

O Thor ERP foi criado pensando em ser simples e eficiente, minimizando ao máximo o esforço de seus colaborados, para que eles tenham mais tempo para trabalhar no que realmente importa no seu negócio e em estratégias, economizando tempo de todos. Trabalhamos com mais de 1400 prefeituras em todo o Brasil. Caso tenha interesse em conhecer um pouso sobre a nossa solução ou tomar um café, estamos esperando pelo seu contato nesse link.